Notícia

83% das mulheres não vão conter gastos com produtos de higiene e beleza

Publicado por: Lucivan Oliveira
|
Em: 15/07/2016 11:15
|
Visualizações: 1539

Pesquisa Beauty Plan 2016, da Glambox, aponta que produtos de higiene básica, maquiagem e perfume são itens essenciais para as consumidoras, mesmo em época de crise.

 

Frente às perspectivas desanimadoras, as mulheres ficam mais cautelosas, mas não deixam de tomar alguns cuidados essenciais com a beleza, conforme destaca a pesquisa Beauty Plan 2016, realizada pela equipe de Beauty Intelligence, área da Glambox. A empresa coletou as respostas de 4.321 assinantes, dentre mais de 25 mil cadastradas, para avaliar as tendências do mercado de beleza e cosméticos. 

 

O levantamento revelou que mesmo com a crise, 83% das mulheres responderam que não pretendem conter gastos com produtos de higiene básica como shampoo, condicionador e sabonete; 58% delas não deixam de comprar produtos para o cuidado dos fios, como máscara, leave-in e óleos; 57% não abrem mão de maquiagem; 56% não deixam de comprar produtos para limpeza facial como antirrugas e vitamina C; e 51% não deixam os perfumes fora da lista. 

 

Para as assinantes, em segundo plano ficam os produtos específicos para cuidados dos pés (46%); artigos para cuidados específicos como celulite, estrias e gordura localizada (45%) e produtos para as mãos (42%). 

 

Conforme os dados, a preocupação com beleza supera os índices negativos da crise. “A mulher brasileira é bastante vaidosa e a crise não representa um empecilho para manter os cuidados diários com a pele e o cabelo”, ressalta Flora Singer. 

 

Os produtos que aparecem em destaque na pesquisa são para cuidar da pele do rosto, como itens de limpeza (66%), filtro solar (65%) e produtos específicos como clareadores e antissinais (52%). E cada um deles tem uma finalidade, por isso a aquisição varia de acordo com a idade e renda do público. As assinantes mais jovens (até 32 anos) adquirem produtos para limpeza facial e mulheres acima de 32 anos buscam produtos que ajudam a cuidar das manchas, rugas e imperfeições da pele facial. Em seguida, a adesão de produtos para o cabelo e para o corpo é maior entre as mulheres que recebem acima de R$ 10 mil, como itens de hidratação, cauterização, reconstrução e selagem para o cabelo.

Fonte: Supermercado Moderno